sábado, 30 de julho de 2016

QUEM SAO OS VERDADEIROS ADORADORES




Bíblia Sagrada-João 4.24


Não nasci nem cresci numa família evangélica.

Todos eram católicos. Alguns iam a igreja com frequência outros nem tanto.

Normalmente, orávamos, ao deitar e ao levantar.

Íamos nas procissões eramos uma família idolatra.

Eramos 5 crianças, estudamos o catecismo e fizemos primeira comunhão.

Conheci verdadeiramente o evangelho em 2005, quando me postei aos pés de Jesus, estava sozinha em casa.

Posso dizer como Jó que eu até aquele momento conhecia a Deus de de ouvir falar mas quando me postei conheci-O de perto.

A partir desse dia, tudo aconteceu rápido, para  mim, mas no tempo de Deus.

Meditava todos os dias na Bíblia, frequentava as congregações e me tornei membro da Assembleia de Deus.

Depois do meu batismo nas águas, Deus começou a me usar em profecias, (Palavra de Deus), orações, imposição de mãos.

Fiz o curso  básico e bacharel em teologia, curso de pastor, evangelismo, discipulado.

Consagrada missionária na assembleia de Deus recebi a carteira de missionária acho que em 2011, digo acho porque (a carteira ) está na secretaria da congregação para fazer uma alteração nos dados pessoais.

Também, ministrei vários cursos, formamos outros missionários e discipulados, criamos a Escola Bíblica de Férias. 

Voltando a falar sobre a carteira, torna-se importante quando vamos a outras congregações e nos é solicitada pela direção, devemos apresentar.

Mas com certeza o mais importante é que Deus me consagrou, usou e continua usando, pois estamos fazendo a Sua Vontade.

Não sei se você esta entendendo, mas minha fé independe de existir cristãos, crentes ou igrejas, congregações e denominações.

A minha fé está em Jesus Cristo, não no homem

Todos os anos Maria e José iam a Jerusalém á festa da pascoa, porque ali o povo cristão se reunia para celebrar a páscoa (exodo 12) todos achavam que Deus estaria lá e perderam o menino Jesus quando deram falta do menino procuraram entre parentes e conhecidos não o encontrando retornaram a Jerusalém e  encontraram-no no meio dos doutores ouvindo-os e interrogando. ( Lc 2 41-52).

Resumo:Os pais do menino, Jesus saíram de Nazaré foram cultuar a Deus juntamente com os outros cristãos em Jerusalém. Perderam o menino. Cerca de um dia de caminhada tiveram que retornar para encontrá-lo, e voltar a Nazaré sua cidade. Entendo que nem sempre aonde os cristãos estão reunidos Deus está presente.

A fé que pratico é a que o apostolo Paulo descreve. (Rm 8.14)

Quando me converti noticiava-se que na cidade de São 

Paulo mais igreja em cada quarteirão do que bares.

Ainda persiste entre o povo de Deus a ideia de que

todos os chamados por Deus tem que abrir "igreja".

Acontece que todo mundo quer abrir “igreja”

Então tem em um quarteirão 2 ou até 3 igrejas disputando espaço e crentes entre si, que se tornam meros frequentadores, ao invés de verdadeiros adoradores

Deixo perguntas para sua reflexão

Será que é isso que Deus quer que façamos?

Porque pessoas estão abrindo mais igrejas aonde já tem?
Abrir igreja salva?

O que preciso fazer para ser salvo? 

Em João 3:16 lemos: “Porque Deus amou o mundo de tal maneira que deu o seu Filho unigênito, para que todo aquele que nele crê não pereça, mas tenha a vida eterna”. 
O que diz aí? “... para que todo aquele que não faz tal e tal coisa não pereça?” 

Certamente que não é assim que está. Diz apenas “para que todo o que nele (em Cristo) CRÊ!”. 

O apóstolo Paulo escreveu uma carta aos crentes da Galácia, os quais afirmavam(os gálatas) que para ser salvo era necessário não apenas crer em Cristo, mas também guardar a Lei, ou seja, praticar determinadas obras.

A eles Paulo responde: “Ó insensatos gálatas... Só quisera saber isto de vós: recebestes o Espírito pelas obras da lei ou pela pregação da fé?

Sois vós tão insensatos que, tendo começado pelo Espírito, acabeis agora pela carne?” (Gl 3:1-3).

Só Cristo pode nos salvar, pois morreu na cruz sendo castigado por Deus Pai no lugar do pecador.

Todo aquele que nele crê tem a vida eterna, está salvo eternamente. E isso não depende do que fazemos ou deixamos de fazer, mas do que Cristo fez; “e isto não vem de vós, é dom de Deus” (Ef 2:8). 

Portanto, a nossa salvação depende exclusivamente de Cristo e de Sua obra; não depende de nós, pois se dependesse de nós, a glória seria nossa.

Mas, graças a Deus, não depende de nós que somos pecadores e sempre propensos a pecar. 

Quando um pecador vem a Cristo, arrependido de seu estado pecaminoso, isto só acontece por obra do Espírito Santo em seu coração, pois é o Espírito Quem nos convence do pecado (Jo 16:8).

Então, pela fé, o pecador crê que Cristo tomou o seu lugar na cruz carregando o seu pecado (do pecador). 

Quando o pecador assim crê, Deus lhe dá a salvação que é completa; Deus lhe dá o perdão que também é completo e esta pessoa nunca mais perderá a salvação, pois é um dom de Deus (Ef 2:8) e nunca lhe será tirada por Deus “porque os dons e a vocação de Deus são sem arrependimento” (Rm 11:29). 

Deus não “tira” a salvação do crente, e ninguém mais pode fazê lo “porque estou bem certo de que, nem a morte, nem a vida, nem os anjos, nem os principados, nem as potestades, nem o presente, nem o porvir, nem a altura, nem a profundidade, nem alguma outra criatura nos poderá separar do amor de Deus, que está em Cristo Jesus nosso Senhor!” (Rm 8:38-39)

Conclusão: Aqui você não encontrará  todas as respostas para suas dúvidas e nem considere definitivo o entendimento. Elas são fruto do meu exercício com o Senhor e do que continuo aprendendo todos os dias.

Leia o texto,  medite, reflita e  busque referências na Bíblia.

Ore para o Espírito Santo lhe dar  o entendimento. 

Nenhuma pessoa é suficientemente inteligente, nem espiritual e versado nas Escrituras para discernir a Palavra de Deus. (Deuteronômio 29.29)

A Paz em Cristo

Maria de Fátima


você gostou do que viu até aqui ?


Sinta-se à vontade para curtir, compartilhar e comentar.










Pesquisa: Google.com, www.respondi.com.br


Nenhum comentário:

Postar um comentário